Navio ESER vai ser vendido em hasta pública

22/12/2020 21:19 - Modificado em 22/12/2020 21:19
| Comentários fechados em Navio ESER vai ser vendido em hasta pública
Navio ESER | Foto Inforpress

O Governo cabo-verdiano vai vender em hasta pública o navio porta contentores ESER, apreendido no passado dia 31 de janeiro de 2019, no porto da Praia, com mais de 9,5 toneladas de droga, naquela que foi a maior apreensão de droga no país.

A autorização para esta venda resulta de um despacho conjunto do Ministério das Finanças e demais legislações, de 2 de Novembro, estabelecendo, que no próximo dia 05 de janeiro de 2021, será feita a venda em hasta pública do referido navio, sendo que a base de licitação é de setenta milhões de escudos.

Em causa está o navio porta contentores, construído em 1984 na Alemanha, e atracado no porto da Praia, podendo ser visitado no dia 29 de novembro.

A mesma fonte garante que o adjudicatório ou representante, deve entregar como sinal, no ato de adjudicação, 25% do preço de arrematação bem como a importância correspondente a 10% do mesmo preço para despesas de publicidade de venda, devendo o remanescente ser liquidado no prazo máximo de 10 dias.

De recordar que o navio Eser foi apreendido a 31 de janeirode 2019, no porto da Praia, com 260 fardos, totalizando o peso bruto de 9.570 kg de cocaína. Na sequência da operação, onde além da droga apreendida foram detidos 11 cidadãos russos. Um dos detidos viria a falecer no decorrer o processo, sendo os outros condenados a penas de prisão de 10 a 12 anos de prisão efetiva e a embarcação dado como perdida a favor do Estado cabo-verdiano.

De acordo com a polícia científica cabo-verdiana, o cargueiro, oriundo da América do Sul, tinha como porto de destino Tanger, Marrocos. O navio fez, segundo a mesma fonte, uma escala no Porto da Praia, para cumprir os procedimentos legais relacionados com um falecimento a bordo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.