Cabo-verdiano denuncia agressões por inspetores do SEF no aeroporto de Lisboa

20/12/2020 21:54 - Modificado em 20/12/2020 21:54
| Comentários fechados em Cabo-verdiano denuncia agressões por inspetores do SEF no aeroporto de Lisboa

O cidadão nacional Gilson Pereira, de 28 anos, denuncia agressões por parte de inspectores do SEF no Aeroporto de Lisboa, em Portugal, no passado dia 18 de dezembro.

Gilson Pereira, em conversa com o jornal PÚBLICO, afirma que os policiais do Serviço de Emigração e Fronteiras (SEF) o agrediram e obrigaram-lhe a entrar à força num avião, de volta a Cabo Verde.

“Eles amarraram-me os pés, meteram-me em cima da cadeira de rodas, caí no chão e, depois, meteram-me o joelho no pescoço. Nenhum cão merece o que eles fizeram comigo”, denuncia.

O caso de Gilson Pereira assemelha-se, em tudo, com uma outra denúncia, divulgada numa edicão on-line do “EXPRESSO”, envolvendo um outro cabo-verdiano.

O advogado de Gilson Pereira, também em declarações à imprensa, sustenta que o inspetor “lhe terá colocado o joelho no pescoço” e o fez temer pela vida, já que foi vítima de várias sevícias, que o deixaram, momentaneamente, sem conseguir respirar.

Gilson terá ligado ao seu advogado, depois dos maus-tratos sofridos, pedindo-lhe para requerer as imagens de vídeo, já que temia que lhe tirassem a vida.

Segundo o jornal PÚBLICO, o caso do cabo-verdiano, garante o SEF, já foi reportado à Inspeção-Geral da Administração Interna, acrescentando que foi usada a “força estritamente necessária”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.