Países Baixos entram em confinamento total até 19 de janeiro

14/12/2020 21:06 - Modificado em 14/12/2020 21:06
| Comentários fechados em Países Baixos entram em confinamento total até 19 de janeiro

Todos os serviços considerados não essenciais, bem como creches e escolas, vão encerrar até 19 de janeiro.

© Getty Images

Oprimeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou, esta segunda-feira, o encerramento de creches, escolas e universidades, bem como de todas os serviços não essenciais, como lojas, ginásios e museus, à meia-noite de terça-feira até 19 de janeiro, num dos mais rígidos confinamentos decretados no país desde março.

Num discurso à nação, Mark Rutte, confirmou que o país vai entrar em confinamento imediatamente e “durante cinco semanas”, após o número de casos diários ter disparado. Enquanto o governante falava podiam ouvir-se apupos e assobios de manifestantes no exterior do seu gabinete, em Haia, capital administrativa do país, descreve a Reuters.

A verdade é que isto não é uma simples gripe como algumas pessoas – como os manifestantes lá fora – acham“, disse o chefe de Governo, acrescentando que o “vírus pode atacar qualquer pessoa”.

A população holandesa foi ainda aconselhada a permanecer em casa e a receber, no máximo, duas pessoas por dia e três no Natal.

O anúncio de Rutte esta segunda-feira surge um dia depois de a vizinha Alemanha ter anunciado restrições semelhantes para combater a Covid-19 até janeiro.

Desde o início da pandemia que já morreram mais de 10 mil pessoas nos Países Baixos.

Em Notícias ao Minuto

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.