Covid-19: Após a morte de recluso sueco quarenta pessoas da Cadeia Central de São Vicente estão em isolamento

5/12/2020 22:38 - Modificado em 5/12/2020 22:39
| Comentários fechados em Covid-19: Após a morte de recluso sueco quarenta pessoas da Cadeia Central de São Vicente estão em isolamento

Após o falecimento de um cidadão sueco na Cadeia Central da Ribeirinha, em São Vicente, o delegado de saúde da ilha garantiu que foram recolhidas amostras a um total de 40 pessoas, entre reclusos e funcionários, para exames e que estes estão neste momento em isolamento.

O homem de 59 anos estava detido na Cadeia de Ribeirinha, há alguns anos, a cumprir uma pena de prisão de 5 anos, por tráfico de drogas e tinha outras comorbidades tais como hipertensão.

Conforme Elísio Silva os serviços de saúde iniciaram o estudo epidemiológico e um trabalho em concertação com a cadeia. “Vamos fazer um seguimento cerrado da situação nos próximos dias, pois, tratando-se de um espaço confinado e com várias pessoas temos de ter um cuidado redobrado”.

São Vicente tem, conforme dados do Ministério da Saúde deste sábado, 48 doentes activos de Covid-19 e um acumulado de 481 casos. Neste sentido, Elísio Silva assegura que a Delegacia de Saúde continua a fazer o seu trabalho com o mesmo cuidado e que a estrutura de saúde tem encontrado indivíduos contaminados que vêm à ilha para consulta médica e outras que chegam de alguns países africanos para vir trabalhar. “Isto significa que continuamos atentos e a fazer o nosso trabalho”diz Elísio Silva, salientando que muitos dos novos casos ficam nas estatísticas de S. Vicente, mas não são propriamente de pessoas residentes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.