PM considera o Mindelo Floating Music Hub uma referência que vai dinamizar o turismo cultural da ilha

2/12/2020 15:56 - Modificado em 2/12/2020 15:56
| Comentários fechados em PM considera o Mindelo Floating Music Hub uma referência que vai dinamizar o turismo cultural da ilha

De visita ao projecto Mindel Floating Music, do investidor maliano Samba Bathily, o primeiro-ministro considera, que esta infra-estrutura, deste empresário é mais um “bom investimento para ilha, a ser concretizado por um africano que acreditou e quis fazer este investimento em Cabo Verde”.

Ulisses Correia e Silva acredita ainda que esta obra arquitetónica, com grande relevância cultural, vai ser uma referência que vai dinamizar o turismo cultural da ilha de São Vicente, trazendo para aqui, no estúdio grandes nomes da música africana e mundial.

A ser construída pelo NLÉ, uma empresa de arquitetura, design e urbanismo, liderada por Kunlé Adeyemi, esta obra, conforme o chefe do executivo, está a merecer uma atenção internacional, para se candidatar a prémios mundiais de arquitectura, sendo o quinto construído e que vai fazer com que a ilha entre no mundo da notoriedade de arquitectura de referência.

“Pensamos que com este investimento podemos estar a dar um passo importante para dinamização da economia da ilha, que precisa de investimentos privados que crie dinâmica económica e eventos associados, por isso entendemos que sua conclusão traz muitas vantagens”, sublinhou UCS.

A obra que deverá estar pronta no início do próximo ano, não parou devido a pandemia. “Estamos convencidos que ultrapassado esta fase que o mundo atravessa, depois de as vacinas, iremos retomar a dinâmica e tudo aponta que isso venha a acontecer o mais breve possível, tendo em conta a situação mundial, o sentimento é de positividade e confiança”, enfatiza.

Este investimento, conforme o gestor do projecto e gestor local da NLÉ , esta obra faz parte de um trabalho de pesquisa e investigação a dar resposta as alterações climáticas da subida do nível da água do mar.

Reitera ainda que este é o quarto protótipo do tipo a nível mundial, e a quinta construção, que possui algo de especial porque “tem uma conotação cultural muito forte porque vai potenciar o que nós temos de bom em Mindelo que é a nossa música”.

 Um espaço altamente equipado e sofisticado para receber artista mundiais e de todo o continente africano e que vai permitir ainda que a ilha e o país, no geral, estar no mapa mundial. A infra-estrutura vai ficar disponível para a população, uma vez que possui um bar com serviço diário, para que possam desfrutar da baía na esplanada flutuante.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.