Bubista: “Tivemos oportunidades mais do que suficientes para vencer o jogo”

12/11/2020 20:12 - Modificado em 12/11/2020 20:12
| Comentários fechados em Bubista: “Tivemos oportunidades mais do que suficientes para vencer o jogo”

O selecionador nacional Bubista, que se estreou hoje em jogos oficiais por Cabo Verde, assumiu que a nossa seleção teve oportunidades mais do que suficientes para ter vencido o jogo frente ao Ruanda, mas salienta que houve algum desacerto ofensivo.

Em conferência de imprensa, Bubista começou por revelar que faltou apenas a vitória para coroar a exibição que a equipa fez, mas enfatizou que houve ansiedade em chegar ao golo. “O último passe não saiu da melhor forma, mas as oportunidades que tivemos eram suficientes para vencer o jogo”.

No entanto, sustentou que a equipa esteve “muita bem”, com saída de jogo organizada desde a defesa até à zona de finalização, pelo que parabeniza os atletas pelo “bom jogo” que fizeram.

“Tivemos muitas dificuldades em ter a equipa toda reunida desde o primeiro dia. Sabemos que todas as equipas que vêm jogar no nosso país vêm com a intenção de não perder pontos e foi isso que aconteceu hoje” esclareceu.

Nisto, frisou que a equipa teve “muita garra, aguerrida e vontade” de vencer o jogo. “Talvez a falta do nosso público influenciou, porque se estivessem cá certamente venceríamos” sustentou.

Quanto ao trabalho da equipa de arbitragem, Bubista garantiu que houve alguns lances duvidosos na aérea adversária que poderiam dar lugar a marcação de pontapés de penalti, mas prefere deixar esta análise para outras pessoas mais entendidas na matéria, não querendo com isso alongar-se nos comentários aos referidos lances.

“Desde que o árbitro apitou para o final da partida que já estamos a pensar no próximo jogo fora de casa. Temos que continuar a trabalhar para vencê-los fora de casa” rematou.

Cabo Verde soma agora 3 pontos, menos 4 que os Camarões que somam 7, e a 1 ponto de Moçambique que tem 4. O Ruanda soma o seu primeiro ponto no grupo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.