EUA: Polícia impede ataque a local de contagem de votos na Pensilvânia

6/11/2020 13:13 - Modificado em 6/11/2020 13:13
| Comentários fechados em EUA: Polícia impede ataque a local de contagem de votos na Pensilvânia

A polícia da cidade norte-americana de Filadélfia deteve dois homens depois de uma denúncia de que um ataque armado estava a ser planeado contra um centro de contagem de votos, informou hoje o jornal Philadelphia Inquirer.

© Reuters

Os investigadores entraram em ação na noite de quinta-feira, depois de receberem informações sobre o movimento suspeito de um veículo Hummer, ocupado por várias pessoas armadas com armas AR-15.

Este veículo, registado no Estado da Virgínia, viajou para a Filadélfia, a maior cidade do Estado eleitoralmente relevante da Pensilvânia, precisamente para o Centro de Convenções onde estão atualmente as urnas para as eleições presidenciais.

A polícia interveio pouco depois das 22:00 locais (03:00 de hoje em Lisboa) e deteve dois homens perto do Hummer, segundo o Philadelphia Inquirer.

O veículo tinha autocolantes que exibiam mensagens associadas ao QAnon, um movimento de conspiração de extrema-direita.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, que precisa de vencer a Pensilvânia para manter a Casa Branca, pediu na quarta-feira e na quinta-feira para pararem a contagem de votos naquele Estado.

Segundo as últimas projeções, o candidato democrata, Joe Biden, conta com 264 delegados no Colégio Eleitoral (embora alguns meios questionem os 11 delegados no Arizona) e precisa de 270 para se proclamar vencedor, tendo consumado esta manhã uma reviravolta no Estado da Geórgia, que o coloca na dianteira, o que lhe pode garantir a vitória.

Trump, que nesta quinta-feira insistiu nas denúncias de que é objeto de fraude eleitoral, sem apresentar provas, tem 214 delegados assegurados no Colégio Eleitoral.

Por Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.