“GerasoNobu” de Elida Almeida para colocar a música cabo-verdiana “num patamar mais elevado”

5/11/2020 15:07 - Modificado em 5/11/2020 15:07
| Comentários fechados em “GerasoNobu” de Elida Almeida para colocar a música cabo-verdiana “num patamar mais elevado”

A artista cabo-verdiana Elida Almeida coloca esta sexta-feira, no mercado cabo-verdiano o seu terceiro álbum de nome “GerasoNobu”.

A artista, que atualmente reside em Portugal, com este novo álbum faz uma viagem à sua infância em Matinho, localidade do concelho de Santa Cruz, e, de seguida, faz um resumo da sua caminhada da adolescência até os dias de hoje, tudo isso através das 13 faixas musicais.

Decifrando “GerasoNobu”, Elida Almeida, considera que faz parte “desta geração que é apegada à tradição e sabe o valor que ela tem e o que representa para mim, a minha identidade”, mas “ousada” que lhe orgulha muito, isto porque cada um dos artistas que fazem parte desta linhagem tem uma “luz própria e uma sonoridade singular”, mas o objetivo é um só.

Aberta a novas sonoridades e novas influências, quer “levar a música de Cabo Verde a estar sempre ao mesmo nível que as músicas do mundo e para que ela possa competir com as de diversos países no continente africano e por ali a fora”.

Esta nova geração, prosseguiu, tem noção da responsabilidade que tem de continuar a carregar a bandeira de Cabo Verde além-fronteiras.

Em termos de sonoridade, adiantou que há algo novo, graças a evolução que vem registando nas suas composições e melodias, ao longo dos seis anos de carreira.

Todo esse trabalho, reconheceu, é fruto de muita dedicação e profissionalismo de “três cabeças”, isto é, Elida Almeida, o músico e produtor Hernâni Almeida e o produtor Djô da Silva.

Ainda, prosseguiu, contaram com a colaboração de Blink, um produtor queniano, que trouxe “sonoridades, o calor e a energia” do Quénia para a música “Nha Bilinda”, e o músico Jacob Desvarieux, do grupo musical Kassav, que trouxe alguma sonoridade das Antilhas para a música “Funaná”.

Fonte: Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.