São Vicente vai pedir esta sexta-feira um “Basta de Gabrielas”

5/11/2020 13:41 - Modificado em 5/11/2020 13:41
| Comentários fechados em São Vicente vai pedir esta sexta-feira um “Basta de Gabrielas”

Depois de Rabil na Boa Vista, onde residia e aconteceu o crime e Ponta do Sol de onde era natural, São Vicente também vai juntar-se à onda de indignação e consternação pedindo esta sexta-feira, um “Basta de Gabrielas”.

A iniciativa em São Vicente parte do Movimento Inspira Mulheres (MIM), criada no âmbito deste crime hediondo que culminou na morte de mais uma mulher em Cabo Verde às mãos do ex-namorado. 

“Levante a voz contra a VBG e nos ajude a fazer a diferença” é o mote da iniciativa do Movimento “Mulher Inspira Mulher” (MIM) que pretende, esta sexta-feira, 6 de novembro, realizar uma manifestação por uma lei Gabriela, com concentração no Liceu Velho às 16:30 com passagem pela Rua de Lisboa e término na Praça Dom Luís, pedindo uma efetiva aplicação da lei da Violência Baseada no Género.

Entretanto, devido as condições sanitárias e pela obrigatoriedade do uso da máscara de proteção, pede-se a todos que respeitem as normas de distanciamento social e uso obrigatório de máscaras e que estejam munidos de t-shirts branca e cartazes com slogan com denuncias de VBG.

Gabriela Évora, 31 anos, desapareceu a 14 de outubro no trajeto cidade de Sal Rei/Rabil, quando, por volta das 10:00, foi às compras na cidade de Sal-Rei e “não regressou a casa”.

A mesma estava a preparar uma viagem para Santo Antão, não levantou a passagem que havia comprado para seguir viagem a 15 de outubro.

Os parentes denunciaram este caso às autoridades, ao mesmo tempo que, juntamente com amigos da zona de Rabil, começaram a procurar Gaby, que descrevem como “muito amável e conhecida no seio da comunidade onde vivia”.

O ex-namorado da vítima, que desde o início foi tido pelos familiares como principal suspeito, esteve desaparecido durante algum tempo. Entretanto, dias depois, o homem foi capturado e confessou às autoridades a autoria do crime e desde então encontra-se detido a aguardar o andamento do processo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.