Covid-19: Uso obrigatório de máscara na via pública divide opinião dos mindelenses mas consideram tardia a medida – c/vídeo

5/11/2020 00:13 - Modificado em 5/11/2020 00:13
| Comentários fechados em Covid-19: Uso obrigatório de máscara na via pública divide opinião dos mindelenses mas consideram tardia a medida – c/vídeo

O uso obrigatório da máscara de proteção facial na via pública, lei que entra em vigor esta quinta-feira, 05, divide a opinião dos mindelenses. Muitos apontam que esta lei deveria ter sido implementada antes da campanha para as eleições autárquicas e pedem a reavaliação dos preços das máscaras.

Em São Vicente já há muito tempo que é notável o uso de máscaras pela população nas ruas da cidade do Mindelo, como forma de proteção individual da covid-19, mas a opinião de que a implementação nesta altura de uma lei desta envergadura divide os mindelenses abordados por este online.

Estes ainda pedem que as autoridades competentes tomem medidas para viabilizar o custo deste equipamento de proteção, sobretudo numa ilha com elevada taxa de desemprego e pobreza.

A proposta de lei foi levada pelo Governo, com carácter de urgência, à primeira sessão parlamentar ordinária de outubro, alargando a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção facial, que já se aplicava desde maio nos transportes públicos e no interior das empresas e todos os espaços públicos e como um dever cívico, na via pública, independentemente do tipo da atividade.

Ficam de fora desta obrigação os menores de 10 anos e pessoas com problemas de saúde, aplicando-se a mesma em todo o território nacional a pessoas em situação de contacto próximo na via pública que não partilhem a mesma residência, embora com exceções também para a prática de educação física com distanciamento social e prática de etiqueta respiratória.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.