Cientistas descobrem camaleão visto pela última vez há 100 anos

3/11/2020 01:16 - Modificado em 3/11/2020 01:16
| Comentários fechados em Cientistas descobrem camaleão visto pela última vez há 100 anos

Descoberta foi feita em Madagáscar. Espécie vive apenas durante alguns meses.

© D.R.

Uma equipa constituída por cientistas de Madagáscar e da Alemanha descobriu um camaleão que tinha sido visto pela última vez há 100 anos, adianta a revista Salamandra. A descoberta do camaleão da espécie Voeltzkow aconteceu durante uma expedição ao noroeste da ilha de Madagáscar.

Uma análise genética deste camaleão permitiu verificar que está muito próximo da espécie Labord.

Os investigadores sublinharam que os camaleões da espécie Voeltzkow vivem durante poucos meses, na época das chuvas. Nascem, crescem rapidamente, lutam com os seus rivais, acasalam e depois morrem.

Os cientistas acrescentaram que o habitat do camaleão de Voeltzkow está ameaçado pela desflorestação.

Em Notícias ao Minuto

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.