Sputnik V: Rússia pede autorização de emergência à OMS para lançar vacina

27/10/2020 20:50 - Modificado em 27/10/2020 20:50

Sputnik V foi a primeira vacina contra a Covid-19 no mundo a ser registada.

© Shutterstock

ARússia anunciou, esta terça-feira, que pediu à Organização Mundial de Saúde (OMS) uma autorização de emergência para o uso da vacina contra a Covid-19, Sputnik V. 

Segundo a imprensa internacional, o fundo estatal russo que coordena a produção da vacina apresentou pedidos à organização para o registo urgente da Sputnik V na Lista de Uso de Emergência (EUL, sigla em inglês) e para pré-qualificação do tratamento, indicado para pacientes entre os 18 e os 60 anos.

A vacina russa – a primeira a ser registada em 11 de agosto deste ano –  tem sido vista com desconfiança pela comunidade científica, tanto pela celeridade da sua criação, bem como pelo facto do instituto responsável pelo seu desenvolvimento não ter produzido nenhuma vacina nos últimos 30 anos. Ainda assim, cerca de 50 países já realizaram encomendas de doses da Sputnik V. 

É de recordar que, a 25 de setembro, a OMS divulgou os critérios para avaliar as vacinas contra a Covid-19 candidatas para potencial uso de emergência.

Em Notícias ao Minuto

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.