Câmara Municipal de São Vicente aberta para distribuição de materiais de voto – CNE

24/10/2020 17:54 - Modificado em 24/10/2020 17:54
| Comentários fechados em Câmara Municipal de São Vicente aberta para distribuição de materiais de voto – CNE

A Câmara Municipal de São Vicente, aberta este sábado foi fator de especulações por parte de alguns mindelenses que questionaram esta prática, alegando que durante o ano todo nunca funcionou aos fins-de-semana, mas em vésperas de eleições está aberta.

No entanto, conforme constatamos no terreno, junto dos membros da delegação da Comissão Nacional de Eleições, CNE, a justificação, é que no sábado, em todas as eleições, como tem sido hábito, o local funciona como ponto de encontro entre os responsáveis da CNE e os respectivos presidentes da mesas de voto que se deslocam ao local, para recolha dos materiais de voto, uma pratica de há vários anos.

“Uma pessoa chegou aqui e nem se dignou saber o que se estava a passar, simplesmente começou a gravar e a proferir varias acusações graves, o que levou a Polícia Nacional a intervir, já que as pessoas presentes queixarem que não queriam ser filmadas.” explicou este membro da CNE.

De acordo com a nossa fonte, a comissão esteve desde a manhã deste sábado, a fazer o processo da entrega dos materiais necessários para cada mesa das assembleias de voto, como biombos, urnas e pastas com a documentação, bem como os boletins de votos. “Quase todos já receberam os materiais”, referiu. Ainda no domingo o local vai estar aberto para dar todo o suporte necessário.

 Disse ainda que “estamos a fazer todo o possível para que às 07:00 todas as mesas das assembleia de voto estejam a funcionar em todo o território municipal”, disse, referindo ainda que apesar do período atípico devido a pandemia a covid-19, a delegação da CNE está a contornar as barreiras que estão a surgir.

“Todas as assembleias de voto vão ter kits com máscaras, luvas, colete descartável para os membros das mesas e álcool-gel à entrada de cada assembleia para a desinfecção”, e garantiu que todas as condições sanitárias serão criadas para que todas as pessoas exerçam o seu direito de voto sem quaisquer limitações.

No pleito eleitoral do domingo foram introduzidas algumas inovações, nomeadamente as matrizes tácteis em braille para os eleitores invisuais, a fim de lhes permitir votar sozinhos, esta posição consta de uma deliberação da Comissão Nacional de Eleições (CNE), com data de 22 de outubro.

Por outro lado, todas as escolas e assembleias de votos vão ser dotadas de rampas adequadas para facilitar a locomoção dos deficientes físicos.

Para o dia das eleições o apelo é para que as pessoas após exercerem o direito de voto não fiquem aglomeradas junto das assembleias de votos, sobretudo pela situação de pandemia que se vive, e que todos os intervenientes se limitem a exercer o seu direito e deixar as autoridades fazer o seu trabalho.

Em todo o país concorrem ao mandato de quatro anos 65 listas às Assembleias Municipais e 64 às Câmaras Municipais, das quais 53 de partidos políticos (de quatro partidos) e 12 de grupos de cidadãos.

Os eleitores serão obrigados à higienização das mãos à entrada de cada mesa de voto e as filas para votar terão de observar o distanciamento social de pelo menos 1,5 metros.

EC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.