IGAE encerrou 54 estabelecimentos nos últimos três meses em São Vicente

21/10/2020 13:44 - Modificado em 21/10/2020 13:45
| Comentários fechados em IGAE encerrou 54 estabelecimentos nos últimos três meses em São Vicente

A Inspeção Geral das Atividades Económicas (IGAE), encerrou 54 estabelecimentos comerciais em São Vicente da inspeção realizada em 130 estabelecimentos da ilha nos últimos três meses.

A falta de licenças e salubridade ou más condições de higiene estão na base destes encerramentos, segundo a inspetora, Miriam Sousa, vincando que os estabelecimentos encerrados equivalem a 42% da totalidade das inspeções realizadas, sendo que 46 (60%) receberam advertências e estão em seguimento e apenas 12% estavam de acordo com a lei.

Em declarações à Rádio Pública, a mesma fonte assegurou que a suspensão das atividades não tem prazo definido, podendo as empresas voltar às suas atividades assim que forem supridas as deficiências.

“Se o estabelecimento não consegue cumprir os requisitos básicos, que são as questões higiénicas e sanitárias, temos de fechá-lo. Mas os encerramentos não são definitivos, são temporários. Cabe agora ao operador fazer as diligências para reabrir o espaço”, aclara Miriam Sousa.

A IGAE suspendeu também 16 estabelecimentos de atividade noturna, durante a última semana, numa ação que envolveu a Delegacia de Saúde de São Vicente e a Proteção Civil, na maioria, por falta de condições de higiene ou sanitária, mas também para respeitar o plano de desconfinamento. A inspetora da IGAE incentiva as empresas a implementarem e cumprirem as medidas de prevenção a Covid-19 e evitar o desgaste económico das empresas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.