José Luís Livramento doa totalidade do salário de Embaixador a três ONG’s em Cabo Verde

17/10/2020 16:42 - Modificado em 17/10/2020 16:42

O Embaixador de Cabo Verde nos EUA assinou com a ACRIDES, MORABI e IRAESSC – Instituto das Religiosas Adoradoras, acordos de subvenção no montante anual de um milhão e oitenta mil escudos, repartidos em duodécimos mensais de 90.000$00, enquanto exercer o cargo de Embaixador.

De acordo com uma nota de imprensa enviada ao Notícias do Norte, o Embaixador de Cabo Verde nos Estados Unidos de América, José Luís Livramento, assegura que vai doar a totalidade do seu salário a três ONG’s que se dedicam ao bem-estar das crianças e adolescentes.

“Decidi atribuir a totalidade do meu salário de embaixador a três ONG’s que se dedicam à causa das crianças e adolescentes carenciados, principalmente aqueles que estão em risco social ou de abandono escolar, por falta de condições financeiras das suas famílias ou insuficiência de apoios sociais do Estado e das instituições que se ocupam desta problemática”, lê-se na nota assinado pelo novo Embaixador nos EUA.

De acordo com a mesma fonte, com o avanço do processo da sua nomeação como Embaixador de Cabo Verde junto dos Estados Unidos da América, tomou a decisão de abreviar a sua aposentação “de modo a fechar este dossier sobre a minha carreira profissional” ainda antes de iniciar as suas funções como representante do Estado de Cabo Verde nos EUA. Por isso, decidiu, canalizar os rendimentos relativos ao salário de Embaixador “para apoiar uma das causas que me são caras e que se prendem com o acesso dos alunos das famílias mais carenciadas à educação”.

Por fim, afirma que o acordo de subvenção já foi assinado e será no montante anual de um milhão e oitenta mil escudos, repartidos em duodécimos mensais de 90.000$00, isso enquanto estiver a exercer o cargo de Embaixador.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.