Juramento de bandeira em São Vicente vai decorrer sem a presença de público numa cerimónia “simples”

15/10/2020 22:56 - Modificado em 15/10/2020 22:57

A cerimónia de juramento à bandeira nacional da 2ª incorporação de 2020 vai decorrer esta sexta-feira, 16, no Centro de Instrução Militar do Morro Branco, sem convidados nem público, devido à pandemia da covid-19, numa cerimónia “simples”.

De acordo com o Comando da Primeira Região Militar, face à situação atual, devido à pandemia da covid-19, para ajudar no cumprimento das suas missões, as Forças Armadas realizaram o recrutamento de novos militares, que mesmo, nesses momentos de “incerteza” mostraram a sua disponibilidade para cumprir as suas obrigações legais e cívicas.

“Os recrutas da 2ª Incorporação de 2020 iniciaram, no Centro de Instrução Militar do Morro Branco e no Comando da Terceira Região Militar, mais um percurso na sua vida e estão agora preparados para fazer a Ratificação do Juramento à Bandeira, numa cerimónia simples, mas de elevado simbolismo na vida desses” garante a mesma fonte.

O juramento à bandeira nacional é o culminar de uma fase de instrução, habitualmente de nove semanas, sempre no Centro de Instrução Militar do Morro Branco, à exceção de um acampamento, geralmente realizado na semana que antecede o dia do juramento, em localidades afastadas do centro da cidade do Mindelo, uma espécie de exercício prático dos ensinamentos transmitidos aos recrutas ao longo dos dois meses de instrução.

O contingente da 2ª incorporação de 2020 presta juramento à bandeira em ato solene, às 15:00 de sexta-feira, 16, presidido pelo comandante da Primeira Região Militar, major-fuzileiro Alberto Teixeira.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.