Santo Antão: PJ investiga homicídio de mulher em Porto Novo

13/10/2020 14:54 - Modificado em 13/10/2020 14:54
| Comentários fechados em Santo Antão: PJ investiga homicídio de mulher em Porto Novo

Apesar de o principal suspeito de ter assassinado Eugénia Brito, de 56 anos, no Porto Novo, estar em prisão preventiva, a Polícia Judiciária faz saber que deslocou a Santo Antão uma equipa do Departamento de Investigação Criminal do Mindelo (DICM) para apoiar o Ministério Público na investigação do crime.

A PJ refere que a deslocação desta equipa do Departamento de Investigação Criminal do Mindelo (DICM) visa apoiar o Ministério Público na investigação do crime relacionado com o aparecimento de um cadáver, no passado dia 08 de outubro, no concelho do Porto Novo, na ilha de Santo Antão, cujo corpo foi identificado como sendo de um indivíduo do sexo feminino, de 56 anos, que residia na cidade do Porto Novo.

A mesma fonte assegura que mesmo que o principal suspeito de ter cometido este assassinato esteja em Prisão Preventiva, a referida equipa encontra-se ainda no terreno, dando continuidade às investigações.

Recorde-se que Eugénia Brito que estava desaparecida viria a ser encontrada esquartejada e enterrada numa ribanceira distante da cidade em avançado estado de decomposição, sendo que o filho de 25 anos é o principal suspeito de ter cometido este crime macabro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.