Bangladesh aprova a pena de morte para casos de violação

12/10/2020 20:55 - Modificado em 12/10/2020 20:55
| Comentários fechados em Bangladesh aprova a pena de morte para casos de violação

Lei atual permitia apenas a prisão perpétua para este tipo de crimes.

© Reuters

Ogoverno de Bangladesh decidiu agravar a sentença aplicada aos crimes de violação ao decretar que, a partir de agora, estes criminosos poderão ser sentenciados a pena de morte.

A decisão acontece na sequência de uma série de protestos nas ruas e nas redes sociais sobre o aumento dos casos de violação no país.

O porta-voz do Gabinete, Khandaker Anwarul Islam, fez saber que é provável que o Presidente Abdul Hamid emita uma portaria a emendar a Lei de Prevenção da Repressão sobre Mulheres e Crianças.

Segundo a lei atual, a pena máxima permitida para os casos de violação é a prisão perpétua, excepto nos casos em que a vítima morre – nestes casos já era permitida a pena capital. 

O ministro da Justiça do Bangladesh anunciou que o presidente deverá emitir o novo decreto esta terça-feira, dia 13.

Esta decisão surge após uma série de violentos ataques sexuais que aconteceram nas últimas semanas e que desencadearam protestos na capital, Dhaka, e noutros locais.

Em Notícias ao Minuto

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.