CMSV espera concluir brevemente o realojamento das famílias que estão em escolas

30/09/2020 23:51 - Modificado em 30/09/2020 23:51
| Comentários fechados em CMSV espera concluir brevemente o realojamento das famílias que estão em escolas

Mesmo com dificuldades em encontrar habitações para arrendar e acomodar as famílias desalojadas pelas cheias na ilha, a Câmara Municipal de São Vicente diz estar a trabalhar para concluir a retirada de todas as famílias das escolas, devido ao arranque das aulas esta quinta-feira, 01 de outubro.

Devido a falta de habitações disponíveis para arrendamento, a edilidade sanvicentina está com dificuldades em alojar algumas das famílias desabrigadas após as recentes chuvas na ilha, visto que 10 famílias ficaram desalojadas, sendo que nove foram abrigadas pela edilidade na Escola de Monte Sossego e uma família de Cruz João Évora, na Escola de Fonte Inês.

Sobre a família de Cruz João Évora, a única que está neste momento num espaço escolar, o vereador assegura que estão à procura de casa para a alojar e que este processo deverá ficar concluído esta quinta-feira, 01, mas se não for possível vão ser deslocados para um espaço da Câmara Municipal, situado em Campim.

A informação foi avançada ao Notícias do Norte, esta quarta-feira (30), pelo vereador de Proteção Civil da autarquia sanvicentina, José Carlos da Luz, informando que já encontraram casa para quatro famílias, num período transitório de 3/4 meses, com os custos a serem suportados pela Câmara municipal e Governo.

No entanto, clarifica que devido a dificuldade em encontrar habitações para as outras famílias, estas foram transferidas para um espaço da Câmara Municipal, situado em Campim, que antes funcionava como Jardim Infantil.

“Queremos libertar as escolas devido ao começo das aulas esta quinta-feira, 01 de outubro, e por isso não fica bem alunos, docentes e discentes ficarem a coabitar nas escolas com outras populações” concluiu José Carlos da Luz.

Com as chuvas, cerca de 30 pessoas pertencentes a 10 famílias ficaram desalojadas e foram abrigadas pela edilidade nas escolas de Monte Sossego e Fonte Inês.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.