Andebol: Júnior Soares e Fred “confiantes e a trabalhar duro” para estar na lista final de convocados para o Mundial 2021

30/09/2020 00:55 - Modificado em 30/09/2020 00:55
| Comentários fechados em Andebol: Júnior Soares e Fred “confiantes e a trabalhar duro” para estar na lista final de convocados para o Mundial 2021
Fred Wilson

O guarda redes Júnior Soares e o primeiro ala Fred Wilson “Feddesbo”, que militam no campeão nacional, Atlético do Mindelo, e fazem parte da lista de 22 andebolistas pré-selecionados para integrar os trabalhos da seleção nacional para o Mundial do Egito em 2021, dizem-se orgulhosos e confiantes e querem trabalhar duro para estar na lista final.

Para estes dois jogadores foi com “muita satisfação” que receberam a notícia da sua integração na lista de pré-convocados de José Tomaz para o estágio de 2 a 8 de Novembro em Portugal, com vista sua participação no Campeonato do Mundo de 2021 que se disputa no Egito.

Júnior Soares garante que o sentimento é de “alegria”, pois isso mostra que houve um reconhecimento pelo trabalho que tem feito ao longo dos 9 anos na modalidade. “O sonho de qualquer atleta é representar o seu país, ainda mais por ser num mundial” vinca.

Júnior Soares

Neste momento, o grande objetivo do atleta é de trabalhar durante o mês de outubro, para chegar em forma no estágio em Portugal, tendo em conta que está há cerca de seis meses sem competir.

Questionado se esta paragem poderá afetar a sua presença na lista final de convocados, visto que a concorrência é maioritariamente de guarda-redes que militam em campeonatos europeus, o mesmo responde que vai trabalhar com “determinação” para mostrar que merece estar nesta lista de pré-convocados e também “fazer todo o esforço” para integrar a lista final.

“Sem dúvida jogam a outro nível, mais alto do que o nosso, mas acredito que com trabalho conseguiremos. Mesmo com pouca experiência de alto nível, já representamos Cabo Verde ao mais alto nível na última edição da Liga dos Campeões Africanos” remata.

Já o primeiro ala Fred Wilson “Feddesbo”, também vê com “muita satisfação e orgulho” a sua chamada aos trabalhos da seleção nacional, por ser um sonho que acalenta desde a infância. “Estou extremamente contente por esta oportunidade de representar a nossa bandeira” frisa.

No que toca a experiência dos demais colegas de posição, Fred não olha para tal como uma desvantagem, mas sim como uma vantagem a nível coletivo. “Pelo contrário vou aproveitar o máximo com os meus colegas para adquirir mais experiência possível, com toda a força de vontade, coisa que nunca me faltou. Vejo a concorrência como sendo extremamente positiva, porque vou dar tudo de mim para estar na lista final” concluiu.

O selecionador principal José Tomaz, vai ser coadjuvado no estágio de Portugal pelos técnicos Rui Ferreira e Adelino Duarte.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.