São Vicente: Tribunal Judicial da comarca aprova processos das quatro candidaturas às eleições municipais

23/09/2020 23:22 - Modificado em 23/09/2020 23:22
| Comentários fechados em São Vicente: Tribunal Judicial da comarca aprova processos das quatro candidaturas às eleições municipais

Todas as candidaturas estão, agora, aptos para concorrer ao pleito de 25 de outubro.

Os processos de candidatura da União Cabo-verdiana Independente Democrática (UCID), Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Movimento Independente Mas Soncent e do O Movimento para a Democracia (MpD) já foram aprovados pelo tribunal da comarca.

As candidaturas foram aprovadas pelo Tribunal da Comarca de São Vicente após resolvidas “ligeiras correções”. Após esta decisão do tribunal, estes candidaturas estão oficialmente na corrida às Autárquicas 2020.

A representar os três partidos nacionais, estão Augusto Neves que se candidata à sua sucessão, António Monteiro da UCID, que quer tirar o “trono a Gust” e pelo PAICV Albertino Graça, que foi candidato nas últimas eleições presidenciais.

Além destes partidos, surge na senda política de São Vicente o Movimento Independente Mas Soncent, liderado pelo empresário Nelson Lopes.

Conforme o calendário eleitoral divulgado esta terça-feira pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), a campanha para as Eleições Autárquicas de 25 de outubro decorre de 08 a 23 de outubro, com o MpD a querer pelo menos manter as 18 câmaras municipais e o PAICV vai tentar alargar o seu poder autárquico no país. Já a UCID procura pela primeira vez conseguir a presidência de uma câmara.

O sorteio das listas admitidas pelos magistrados judicias para a atribuição da ordem das candidaturas nos boletins de voto realiza-se no dia 25 de setembro.

A campanha para as oitavas eleições autárquicas em Cabo Verde vai arrancar a 8 de outubro, conforme calendário do processo eleitoral, cuja votação está marcada para 25 do mesmo mês.

Este ano, devido à pandemia de Covid-19, a campanha para as eleições autárquicas vai decorrer sem ações porta a porta ou apertos de mãos, conforme disse em junho o primeiro ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, como medida de prevenção da doença.

As últimas autárquicas aconteceram a 4 de setembro de 2016, para a escolha dos autarcas dos 22 municípios.

Há quatro anos o MpD venceu com os seus próprios candidatos 18 das 22 câmaras municipais, mais cinco do que nas autárquicas de 2012, enquanto o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) ganhou duas e outras duas foram conquistadas por independentes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.