Enacol distribuiu quase 10 milhões de euros em dividendos de 2019

10/09/2020 17:09 - Modificado em 10/09/2020 17:10

Os lucros da distribuidora petrolífera cabo-verdiana Enacol, liderada pela portuguesa Galp, aumentaram 2% em 2019, com a empresa a distribuir quase 10 milhões de euros (montante total de 1.102.650.000 escudos) de dividendos, segundo o relatório e contas, a que a Lusa teve hoje acesso.

De acordo com o documento, a empresa, que assinalou em 2019 os 40 anos de atividade e que renovou por 30 anos o contrato de concessão da atividade, registou um volume de negócios superior a 17,8 mil milhões de escudos (161 milhões de euros), um crescimento de 9% face a 2018.

Os resultados líquidos da empresa, que conta com 217 trabalhadores, subiram 2%, para 855,4 milhões de escudos (7,7 milhões de euros) de lucros em 2019.

A Enacol é liderada pela Galp, principal acionista, com uma posição de 48,29%, contando na estrutura acionista também com a sucursal cabo-verdiana da Sonangol (38,99%).

Além dos lucros de 2019, a administração aprovou uma proposta de distribuir dividendos que incluem resultados acumulados de 247.182.845 escudos (2,2 milhões de euros). Assim, a distribuição de dividendos da Enacol pelos acionistas, relativos a 2019, ascenderam ao montante total de 1.102.650.000 escudos (quase 10 milhões de euros).

Em todo o ano de 2019, a Enacol adquiriu no exterior 263.904 toneladas métricas de produtos petrolíferos, quantidade superior em 5,5% relativamente às compras do ano anterior, no valor total superior a 13,8 mil milhões de escudos (124,7 milhões de euros), neste caso mais 2,3% face a 2018.

As vendas em todo o ano aumentaram 11,8% face a 2018, superando as 272.192 toneladas métricas, sobretudo gasóleo e gasolina, com a Enacol reforçar a liderança no mercado da distribuição em Cabo Verde, atingindo uma quota de 55,8%.

Por Lusa

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.