SIACSA quer bombeiros com o mesmo salário da Polícia Nacional

10/09/2020 15:14 - Modificado em 10/09/2020 15:15
| Comentários fechados em SIACSA quer bombeiros com o mesmo salário da Polícia Nacional

O presidente do SIACSA, Gilberto Lima, avançou hoje que não concorda com o novo regulamento dos Bombeiros aprovado pelo Governo, frisando que há um descontentamento no seio da classe com à grelha salarial e as progressões e promoções dos Bombeiros Municipais.

Esta posição do presidente do SIACSA foi tomada hoje em conferência de imprensa na cidade da Praia, onde garantiu que o novo regime jurídico implementado não contempla nem define a grelha salarial dos bombeiros, deixando que cada câmara municipal o faça de acordo com a grelha salarial do seu pessoal.

Gilberto Lima diz ainda que o Governo ignorou o decreto-lei número 63/83 que estipula uma grelha salarial comparada à da polícia nacional. “O novo regime jurídico é, para nós, um regime local e regional e não nacional. Por isso sendo o bombeiro uma classe especial e nacional, deveria ter também um regime jurídico especial nacional, o que não aconteceu “, adiantou.

A mesma fonte sustentou que as progressões e promoções da classe dos bombeiros devem estar em harmonia com os graus de conhecimento em causa e não como se afigura no regime jurídico aprovado.

“Os comandantes dos bombeiros devem ser escolhidos entre os efetivos e sujeitos a concurso público e não uma escolha direta do presidente da Câmara. Com este regime aprovado não nos resta outra coisa se não lutar para que os governantes tenham dó desta importante classe trabalhadora”, aclarou.

Nisto, diz que o SIACSA vai realizar uma convenção coletiva com os bombeiros para discutirem o assunto, para além de outras coisas, e munir esta classe trabalhadora de melhores condições de vida e de trabalho.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.