Mindelenses não compreendem preços da TAP aplicados para os meses de setembro e outubro na rota São Vicente/Lisboa

6/09/2020 23:26 - Modificado em 6/09/2020 23:26

A companhia aérea portuguesa TAP, já anunciou os novos preços nas linhas São Vicente/Lisboa e Praia/Lisboa, para os meses de setembro e outubro motivando uma onda de descontentamento no seio dos mindelenses, que há muitos anos vêm reclamando dos preços exorbitantes.

Para estes dois meses, viajar na linha São Vicente/Lisboa, os preços a praticar pela TAP situam-se nos 1.700 euros, ou seja, 189.873 mil escudos, isto numa rota com 2.898 quilómetros. Já na linha Praia/Lisboa os preços a serem praticados no decorrer de setembro e outubro, numa rota com 2.993 quilómetros, ou seja, mais 98 Km, cifram-se nos 700 euros, o que equivale a 77.359 escudos. 

Situações que não têm caído de bom grado no seio dos mindelenses que alertam para este monopólio da TAP, que em nada beneficia as pessoas do norte do país, quando entendem que os preços deveriam ser os mesmos, ou mais baratos na linha São Vicente/Lisboa.

“Só para avisar que quem precisar ir a Portugal em setembro ou outubro e optar pelo voo direto São Vicente para Lisboa, que os preços atuais rondam os 1.700 euros. Por um voo de 3 horas e meia de duração” alerta João Branco.

O mesmo diz ainda que se deveria “agradecer” ao sistema de monopólio instalado pelas circunstâncias, sendo que quem quiser pagar menos deverá viajar para a Praia e depois seguir para Lisboa.

Já Natalina Lima, começa questionando quem ganhará com este monopólio. “Não faz sentido que a TAP continue a ditadura dos preços. É preciso liberalizar o mercado da aviação, porque da forma como está, só serve a TAP e nunca aos cabo-verdianos, a não ser para alguns” sustenta.

Muitos são aqueles que dão voz a discrepância dos preços praticados pela TAP nesta rota que é assegurada neste momento três vezes por semana pela companhia portuguesa, que devido a pandemia da covid-19 retomou os voos essências para Cabo Verde no início do mês de agosto.

  1. Paulo M.

    Isso não é monopólio. É burrice. É que fica mais barato comprar uma passagem cara da Binter SV/Praia/SV + duas noites de hotel na Praia e viajar para Lisboa a partir da Praia. Portanto, a TAP está destruindo seu próprio monopólio. Acredito que falta qualquer coisa nesta equação, porque algo não está certo. A TAP não iria dar “ponto sem nó” sabendo que SV/Praia/Lisboa/Praia/SV ficaria há anos-luz mais barato.

  2. Luiz de Pina

    Só viaja que pode. Não é. Ainda bem que a TAP é uma companhia portuguesa.

  3. M.A.Neves

    Preços foram publicados/anunciados aonde???tenho preços diferentes e mais baixos!!!

  4. Gabriel Kusters

    Tambem vitima da TAP, abuso do monopolio,

    Espero que alguem em Cabo Verde lhes chaman atenção.Não temos outra solução,eles sabem que temos que viajar.
    Gabriel Kustes

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.