UCID pede construção de monumento em memória dos acontecimentos de 31 de agosto em Santo Antão – c/vídeo

31/08/2020 17:16 - Modificado em 31/08/2020 17:16
| Comentários fechados em UCID pede construção de monumento em memória dos acontecimentos de 31 de agosto em Santo Antão – c/vídeo

O presidente da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) pediu, em conferência de imprensa no Mindelo, na ilha de São Vicente, que seja construído um monumento em memória dos acontecimentos de 31 de agosto de 1981 na ilha de Santo Antão.

Na base deste pedido, não obstante os esforços do governo em reconhecer este acontecimento, deve serve feito mais e nunca deixar esta data passar em branco.

Para António Monteiro, esta declaração e apelo vêm na sequência, da implementação da reforma agrária proposta pelo governo do PAICV durante o regime de partido único vivido no país desde a independência até à abertura política que ocorreu em 1991.

Na ilha de Santo Antão, um grupo de homens foi detido quando protestava contra o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV). Outros cabo-verdianos exigiram a libertação destes cidadãos e juntaram as suas vozes contra a reforma agrária, sendo seguidos de uma resposta violenta dos militares e a posterior detenção e tortura em São Vicente.

No livro “A tortura em nome do partido único” de Onésimo Silveira, na introdução do mesmo, escreveu que durante este período, foram cometidos “actos que além da sua crueldade, constituem um atentado inqualificável contra a dignidade e a maneira de ser de todo o povo cabo-verdiano”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.