Criado Portal para divulgação de fotografia Africana contemporânea da residência artística Catchupa Factory

27/08/2020 14:48 - Modificado em 27/08/2020 14:48
| Comentários fechados em Criado Portal para divulgação de fotografia Africana contemporânea da residência artística Catchupa Factory

A plataforma online, Family Matters, é um portal de divulgação de fotografia Africana contemporânea dirigido aos participantes da residência artística Catchupa Factory.

Um projeto que surge na sequência da pandemia Covid-19 e consequente adiamento da 5ª edição da Catchupa Factory, agendada para junho deste ano, pela Associação Olho-de-Gente (AOJE), no Mindelo, como forma de repensar o seu programa e a sua forma de atuação no campo da fotografia.

“É neste contexto que surge este projeto, com a intenção de reforçar a visibilidade e dar destaque ao talento destes artistas emergentes e em início de carreira, enquanto se contribui com rendimento emergencial através da venda de uma seleção de imagens dos autores”, informa o comunicado a organização.

Ainda no âmbito deste projeto, estão à venda impressões de fotografias, por 100 euros. “Um valor bastante acessível que pretende incentivar as vendas, alcançar um público o mais vasto possível e atrair colecionadores emergentes a consumir fotografia Africana contemporânea”, destaca.

Por outro lado, conforme a AOJE, as grandes instituições, museus, empresas, galerias e colecionadores estabelecidos são encorajados a contactar a organização para discutir modelos alternativos de aquisição das obras e apoio aos artistas.

“A totalidade dos lucros decorrentes das vendas são canalizados para um fundo a ser distribuído pelos participantes na iniciativa”.

Serão ainda lançadas exposições físicas em Maputo, Luanda e Praia.

A iniciativa Catchupa Factory – Novos Fotógrafos é um programa de formação e criação artística em formato de residência artística, dirigido a fotógrafos e artistas emergentes dos PALOP.

Os participantes são orientados na concepção e criação de um projeto fotográfico, sendo privilegiada a construção de uma estrutura narrativa.

O trabalho de campo, pesquisa e experimentação será acompanhado por sessões teóricas em torno de questões críticas relacionadas com a fotografia contemporânea africana. A iniciativa, organizada pela AOJE, tem como finalidade fomentar a criação de uma rede de fotógrafos e artistas emergentes dos PALOP, estimular o reconhecimento e a visibilidade internacional do trabalho autoral em fotografia dos participantes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.