Covid-19: África contabiliza hoje 26.968 mortes provocadas pela doença

21/08/2020 13:47 - Modificado em 21/08/2020 13:47

O número de mortes por covid-19 em África é hoje de 26.968, mais 350 do que na quinta-feira, num universo de 1.158.217 infetados no continente, cujas regiões Austral e do Norte são as mais afetadas, segundo dados oficiais.

© Lusa

Onúmero de mortes causadas pelo vírus SARS-CoV-2 no continente africano nas últimas 24 horas foi de 350 e foram registadas mais 10.848 pessoas infetadas, tendo 881.495 sido declaradas como recuperadas, de acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), que reúne os dados mais recentes dos relatórios oficiais dos 55 países-membros da organização.

O maior número de casos e de mortos de covid-19 continua a registar-se na África Austral, com 637.824 infetados e 13.476 vítimas mortais.

Nesta região, a África do Sul, o país mais afetado do continente, contabiliza 599.940 doentes infetados e 12.618 mortos.

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, tem agora 204.225 pessoas infetadas e 7.783 mortos e na África Ocidental o número de casos subiu para 152.435 e o de vítimas mortais para 2.296.

Na região da África Oriental, o número de casos de covid-19 é hoje de 111.301 e 2.392 mortos e na África Central são contabilizados hoje 52.432 casos de infeção e 1.021 óbitos.

O Egito é o segundo país com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, contabilizando 97.025 infetados e 5.212 óbitos, seguindo-se a Argélia, com 40.702 casos e 1.398 mortes.

Entre os cinco países mais afetados, estão também a Nigéria, que regista 50.964 infetados e 992 óbitos, e o Sudão, com 12.582 casos e 812 vítimas mortais.

Entre os países africanos lusófonos, Cabo Verde lidera em número de casos (tem hoje 3.368 casos e 37 mortos), seguindo-se Moçambique (3.115 casos e 20 mortos), Guiné-Bissau (2.149 casos e 33 mortos), Angola (2.044 infetados e 93 mortos) e São Tomé e Príncipe (888 casos e 15 mortos).

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), tem 4.892 infetados e 83 óbitos, um número divulgado pelas autoridades equato-guineenses em 01 de agosto.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 793.847 mortos, incluindo 1.792 em Portugal, e infetou mais de 22,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço da agência francesa AFP.

Por Lusa

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.