Novos órgãos do Campus do Mar tomam posse esta quinta-feira

19/08/2020 23:51 - Modificado em 19/08/2020 23:51

O Governo de Cabo Verde, confere esta quinta-feira, 20 de agosto de 2020, no Centro Oceanográfico do Mindelo, a tomada de posse dos órgãos do Campus do Mar, constituído pelos membros do Conselho Diretivo do Instituto do Mar, membros do Conselho de Administração da Escola do Mar e da Equipa Reitoral da Universidade Técnica do Atlântico.

Assente em 3 pilares, Ensino Superior, Investigação e Formação Profissional, o Campus do Mar é, conforme o executivo, “uma estrutura integrada, constituí pela Universidade Técnica do Atlântico, a Escola do Mar e o Instituto do Mar, vocacionado para a prossecução de objetivos comuns, garantindo que cada uma dessas instituições, com a sua valência específica, agem concertadamente sob um modelo de gestão integrado, articulado e racional, permitindo o aproveitamento das sinergias e as potencialidades da gestão partilhada de meios”.

O projeto do Campus do Mar está sendo desenvolvido há mais de um ano, estando neste momento em curso o processo da instalação efetiva, composto pela Universidade Técnica do Atlântico (UTA), Instituto do Mar (IMar) e a Escola do Mar.

Neste ato, acontece ainda o empossamento da reitora da UTA. “É uma conceituada universitária que virá de Portugal, onde trabalha como docente e investigadora da Universidade Nova de Lisboa, uma pessoa com conhecimento, experiência no domínio da investigação muito relevante”, destacou o Secretário de Estado para Educação, Amadeu Cruz, numa visita a São Vicente.

A mesma fonte referiu ainda à Escola do Mar, que é uma escola técnico profissional para formação de marítimos, e que “recupera a tradição da escola náutica” para a marinha cabo-verdiana e de outros países.

A Escola do Mar, que é uma escola técnico profissional para formação de marítimos, vai ter uma extensão em Santiago, para o domínio das pescas e reparação naval de pequeno porte, destinada a servir o sul do país.  “O objetivo é recuperar a vocação da Escola do Mar para servir a economia de Cabo Verde, mas também para estar ao serviço da internacionalização da economia Cabo-verdiana e do sistema de formação”.

“E estaremos a implementar a escola dentro desse conceito”, sublinhou o secretário de Estado, reiterando não haver quebras nas actividades, tanto do IMar, como da UTA e que ambos estão a “funcionar normalmente”, apesar das mudanças.

  1. Julio Goto

    …. ja deram o primeiro passo para,a transferencia do Campus do Mar para a Rep. De Santiago. Mais 10 anos O Campus do Mar passara a ser uma extensao do Campus do Mar Santiago.
    Foi um dos pedido do Memorandum do Pro Praia que o Zemas nao conseguiu executar.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.