Primeira fase das obras do CNAD concluídas até final de novembro

10/08/2020 23:51 - Modificado em 10/08/2020 23:51

O ministro da Cultura disse esta segunda-feira, no Mindelo, no Centro Nacional de Artesanato e Design que, segundo as previsões, a primeira parte da obra estará concluída até 30 de novembro.

Segundo Abraão Vicente, que falava aos jornalistas à margem de uma visita às obras do Centro Nacional de Artesanato e Design (CNAD), depois, começará a segunda parte, que é o início da montagem do interior e da fachada, cuja encomenda já está em processo.

Esta fase, elucidou, será igualmente complexa, porque, garantiu o ministro, vai ser o símbolo do monumento.

“Acreditamos que até o final deste ano ou, no máximo, em janeiro ou fevereiro do próximo ano, a CNAD estará completamente equipada e entregue à cidade”, projetou Abraão Vicente.

Par o governante, esta obra será uma “referência arquitetónica na cidade do Mindelo e em Cabo Verde” e que “apesar do tempo de paragem das obras, por causa da pandemia, estamos na reta final. Neste momento, toda a estrutura da parte mais difícil, a reabilitação do edifício antigo e a subida deste novo edifício estão praticamente finalizados e creio que emociona qualquer um saber que esta é uma obra sonhada de raiz”, prognosticou o governante.

Conforme Abraão Vicente, realizar esta obra é “cumprir o compromisso de sempre” de “construir e criar infra-estrutura de referência para esta e para a próxima geração”.

Depois de São Vicente o ministro viaja para a ilha de Santo Antão, para vista às obras sob a chancela do seu ministério.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.