Mais 3600 pessoas vão ser beneficiadas com o Rendimento Social de Inclusão

6/08/2020 21:51 - Modificado em 6/08/2020 21:51
| Comentários fechados em Mais 3600 pessoas vão ser beneficiadas com o Rendimento Social de Inclusão

O RSI é uma modalidade de transferência de renda direta e temporária, mensal, de 5.500 escudos, destinado aos agregados familiares em situação de pobreza extrema, com crianças sob a sua responsabilidade.

Nesta fase de expansão, diz o Governo, através do Ministério da Família e Inclusão Social, que a partir deste mês de agosto, vai-se proceder à introdução mais de 3.600 benificiários no Rendimento Social de Inclusão Emergencial, RSI, no quadro das medidas de resposta social à pandemia da Covid 19.

Com esta expansão, o executivo afirma que se pretende cobrir todos os agregados extremamente pobres, com crianças registadas no cadastro social único perfazendo um total de 6.388.

E agora, para facilitar a vida destes beneficiários, o governo lançou, um novo aplicativo de gestão do Rendimento Social de Inclusão (RSI), para o pagamento, a partir do mês de agosto, de todas as ações passarão a ser efetuadas através do aplicativo, a nível local e central. “A efetivação deste sistema significa a introdução de uma nova era na modernização e gestão do sistema de proteção social, sendo que este permitirá concretizar o desígnio de uma gestão mais integrada, mais fiável e automatizada”, refere em comunicado.

Para isso, os técnicos sociais dos 22 municípios de Cabo Verde receberam formação online para a utilização do novo aplicativo de gestão do Rendimento Social de Inclusão (RSI), que já está operacionalizado.

Deste modo, todo o processo do RSI, incluindo o controlo e gestão das medidas de acompanhamento familiar, que compõe o RSI na sua perspetiva de inclusão social, passará a ser feita a partir dessa plataforma digital, “reduzindo ao máximo possível a intervenção humana, limitando-se à introdução de dados e documentos dos beneficiários para aprovação de pagamento direto junto do Ministério das Finanças”.

De relembrar que o governo aprovou em março, o Decreto-Lei que institui o Rendimento Social de Inclusão que irá permitir, como medida de carácter temporário, às famílias e os agregados familiares tenham mais recursos para satisfazer as suas necessidades mínimas e para o favorecimento de uma progressiva inclusão social e laboral.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.