São Vicente: Mais oito habitações sociais vão nascer na zona de Pedra Rolada – c/vídeo

5/08/2020 23:54 - Modificado em 5/08/2020 23:54

O presidente da Câmara Municipal lançou esta quarta-feira, 05, a primeira pedra para a construção de mais um bloco de habitação na zona de Pedra Rolada, mesmo ao lado do bloco já existente.

O complexo habitacional de dois pisos é composto por 8 moradias, sendo 4 em cada um dos pisos. E ainda serão construídas quatro garagens. As casas serão entregues a famílias em Pedra Rolada com problemas habitacionais.

Na cerimónia de lançamento oficial da obra esteve presente o presidente da Câmara Municipal de São Vicente, que adiantou que o lançamento de mais uma “primeira pedra”, para a construção de habitação social, mostra o nível de engajamento da edilidade sanvicentina no tocante a este aspecto.

Sobre as críticas da oposição, que acusa a CMSV de estar a aproveitar o aproximar das eleições para inaugurar e lançar novas obras, Augusto Neves responde que a câmara não está a “lançar primeira pedra, porque é tempo de campanha, mas sim a dar continuidade a um programa camarário. Entretanto, diz que este “não é tempo de estar com as mãos amarradas”.

Neste sentido, Neves aproveitou a ocasião para mandar alguns recados aos seus adversários, alegando que quem gosta de trabalhar, não tem momento, e para os que gostam de passear, que escolham a praia da Laginha ou Baía das Gatas.

Ainda na sua intervenção, o edil de São Vicente, referiu sobre as várias construções sociais que estão a ser levantadas na zona de Ribeirinha e outras zonas, para ajudar a criar condições para a melhoria de vida da população, com “casas com dignidade”.

Para o vereador Rodrigo Martins, este “grande” projeto habitacional, é uma das prioridades do município que num “vasto esforço” tem conseguido construir mais habitação social.

“Para nos é estratégico porque sabemos do défice habitacional que existe em São Vicente, com muitas pessoas à procura de casa, mas infelizmente não conseguimos fazer tudo de uma vez, mas vamos melhorando a ilha a pouco e pouco”, acrescenta Martins.

Aponta ainda o desenvolvimento da zona, que atualmente tem sido muito procurada e que possui uma grande atividade económica, e isso, afirma, deve-se sobretudo na aposta da requalificação urbana.

Elvis Carvalho

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.