Pelo menos 10 mortos e vários feridos na explosão em Beirute

4/08/2020 17:11 - Modificado em 4/08/2020 17:11
| Comentários fechados em Pelo menos 10 mortos e vários feridos na explosão em Beirute

O Líbano atravessa a sua pior crise económica das últimas décadas, marcada por uma forte depreciação monetárias, hiperinflação, desemprego elevado e restrições bancárias, que têm alimentado tensões sociais.

© Getty Images

Pelo menos dez pessoas foram encontradas mortas no seguimento de duas explosões de grande dimensão na capital do Líbano, em Beirute, na tarde desta terça-feira. 

As explosões ocorreram na zona portuária da cidade e as vítimas mortais foram confirmadas à Reuters pelas equipas médicas e de segurança. O ministro da Saúde libanês, Hamad Hasan, confirmou que há um “número elevado de feridos” e danos materiais graves.

Um responsável da Cruz Vermelha do Líbano referiu que centenas de pessoas feridas estão a ser levadas para os hospitais da cidade. Outros continuam presos nas suas casas, devido aos escombros.

Segundo a AP, a explosão partiu janelas a quilómetros de distância. Algumas emissoras de televisão locais indicaram que a explosão ocorreu numa área onde estava armazenado fogo de artifício. São visíveis nuvens de fumo laranja sobre a cidade e os ‘media’ locais já transmitiram imagens de pessoas presas em escombros, algumas cobertas de sangue.

As explosões terão sido sentidas no Chipre, a mais de 180 quilómetros de distância, de acordo com uma jornalista da BBC.

Um homem, que se encontrava dentro do carro estacionado num centro comercial a 2 quilómetros este de onde a explosão ocorreu, relatou à Sky News, que “foi como uma bomba nuclear”. “Alguns edifícios a uma distância de 2 quilómetros estão parcialmente destruídos, parece uma zona de guerra. Os danos são extremos. Não há uma janela de vidro intacta”, disse.

O porto de Beirute foi isolado pelas forças de segurança, que só permitem na área elementos da Proteção Civil, ambulâncias e carros de bombeiros, que têm transportado os feridos para os hospitais mais próximos. As circunstâncias e pormenores da explosão continuam a ser desconhecidos.

O primeiro-ministro do país já anunciou um dia de luto pelas vítimas da explosão a ser realizado amanhã, quarta-feira. O Conselho Supremo de Defesa em Beirute vai realizar esta noite uma reunião de emergência com o presidente Michel Aoun para “discutir as repercussões da explosão”, avança a Al Jazeera.

Os Estados Unidos já ofereceram a sua ajuda. “Os relatos indicam que a explosão ocorreu no e nos arredores do porto de Beirute. Estendemos as nossas mais sentidas condolências aos afetados e estamos prontos a oferecer toda a assistência possível”, refere o Departamento de Estado norte-americano em comunicado.

Em Notícias ao Minuto

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.