São 1.700 os trabalhadores que já solicitaram o pedido de subsídio de desemprego

24/07/2020 00:00 - Modificado em 24/07/2020 00:00
Foto: SAPO

Até este momento, 1700 trabalhadores já solicitaram o pedido do subsídio de desemprego, contudo, como informou a presidente do conselho directivo do INPS, Orlanda Ferreira, cerca de 60 por cento (%) dos pedidos estão em fase de processamento.

Por isso, garante que a Plataforma de Sistema de atribuição do subsídio de desemprego (SASD), lançada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e o Instituto Nacional de Previdência Social, vai facilitar a gestão e a troca de informação durante este processo.

Para Orlanda Ferreira, esta plataforma surge como um “instrumento fundamental” para a gestão do subsídio de desemprego e ainda para facilitar todos aqueles que, por motivo involuntário, perdem o emprego e poderão recorrer ao subsídio de desemprego.

Conforme explicou, antes os trabalhadores tinham que recorrer ao IEFP e ao INPS para solicitar o pedido de subsídios, mas com esta plataforma integrada, assegurou, apenas se dirigem ao IEFP para declarar a sua situação de desemprego involuntário e logo o INPS terá acesso aos dados através da plataforma.

“Vamos trabalhar de mãos dadas nesta medida, que é uma prestação de subsídio de desemprego e, ao mesmo tempo, também, o IEFP vai ter a oportunidade de ir capacitando esses trabalhadores e integrar no mercado do trabalho”, afiançou.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.