Santiago registou nos últimos 54 dias um total de 1.232 novos casos de covid-19

22/07/2020 23:34 - Modificado em 22/07/2020 23:34

A ilha de Santiago foco da pandemia da covid-19 em Cabo Verde, registou desde o período do fim do estado de emergência que vigorou até 29 de maio, um total de 1.232 novos casos de covid-19, com maior prevalência na cidade da Praia.

Até 29 de maio, data que o país entrou em período de estado de calamidade, a ilha de Santiago contabilizava um total acumulado de 375 infetados, mas desde então, houve um aumento brusco do número de casos de covid-19, infetando até esta quarta-feira, 22 de julho, 1.232 pessoas. Neste período destaca-se também o aumento do número de óbitos na ilha, com mais 11 óbitos anunciados pelo Ministério da Saúde nesse período, juntando-se aos 3 registados antes de 29 de maio.

Neste momento a ilha tem 1.607 casos acumulados de covid-19, sendo a maioria na cidade da Praia, que até a presente data apresenta um total de 1.241 infetados e 14 óbitos.  Nestes 54 dias a ilha de Santiago tem tido diariamente uma média de 22,8 pessoas infetadas com covid-19.

O número de recuperados também ascendeu neste período para 758 na ilha de Santiago. Desde 19 de Março a Praia tem 742 pessoas recuperadas, Santa Cruz 95, São Miguel 4, São Salvador do Mundo 4, Tarrafal de Santiago 4, São Domingos 3,  Ribera Grande de Santiago 11 e Santa Catarina 37.

A nível nacional também importa frisar que o número de casos de covid-19, dispararam desde 29 de maio, sendo que neste período houve 1.719 novos casos e 17 óbitos. Destes novos casos destaca-se a ilha do Sal com 434 pessoas infetadas. Os óbitos, 11 foram na cidade da Praia, 1 em São Domingos, 4 na ilha do Sal e 1 em São Vicente.

O país contabiliza 999 casos ativos, 1.132 casos recuperados, 21 óbitos e 2 transferidos, perfazendo um total de 2.154 casos positivos acumulados.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.