Metade dos casos de Covid-19 registaram-se nas últimas três semanas

14/07/2020 23:46 - Modificado em 14/07/2020 23:46
| Comentários fechados em Metade dos casos de Covid-19 registaram-se nas últimas três semanas

Atualmente, apenas as ilhas da Brava e do Fogo não diagnosticaram, oficialmente, qualquer caso positivo para covid-19.

Dos 1.780 totais de casos acumulados de Covid-19, desde 19 de março, metade deles, foram diagnosticados nas últimas três semanas.

Numa análise aos dados estatísticos do Ministério da Saúde, o país registava até 20 de junho, um acumulado de 866 casos de covid-19.

Desde então, o número de casos confirmados pelos laboratórios de virologia em funcionamento no país disparou para 1.722, até 13 de julho, segundo análise da Lusa.

Este crescimento surge após o desconfinamento, iniciado em 01 de junho, com o levantamento gradual das restrições impostas durante o estado de emergência, que vigorou de forma diferenciada entre ilhas, de 29 de março a 29 de maio.

“Cabo Verde não fugiu à regra de todos os países que estão a experimentar a fase de pós-confinamento e que estão a assistir ao aumento de casos”, justificou o diretor nacional de Saúde, Artur Correia.

Num único dia, em 03 de julho, foram confirmados 82 novos infetados, o valor diário mais elevado até ao momento, admitindo Artur Correia que a pandemia continua a ser “um problema de saúde pública” no país.

A ilha do Sal, que até ao final de maio não tinha casos confirmados, soma até ao momento mais de 300 casos, e quatro dos 19 óbitos registados no país, enquanto em Santiago todos os concelhos têm casos diagnosticados de covid-19, com o foco na Praia, que conta mais de 1.000 dos casos registados na ilha.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.