Covid-19: “Não há foco de transmissão na Polícia Nacional em São Vicente”

24/06/2020 19:52 - Modificado em 24/06/2020 19:52
| Comentários fechados em Covid-19: “Não há foco de transmissão na Polícia Nacional em São Vicente”

O delegado de Saúde de São Vicente, Elísio Silva, garante que foram aplicados testes rápidos a mais de 200 agentes da Polícia Nacional, dos quais cinco resultaram positivo para teste rápido, mas negativo para PCR, uma situação que classificou de “normal”.

Portanto, assegura que “não existe foco de transmissão” da covid-19 na Polícia Nacional, em São Vicente. No entanto, admite que existem fortes hipóteses de ter havido transmissão comunitária, em virtude do resultado de dois casos positivos de covid-19 na terça-feira, 23.

Como tal, mostra-se preocupado com a possibilidade do vírus estar a circular em diversas zonas da ilha.

Elísio Silva, adiantou ainda que “estão em isolamento 24 pessoas, contactos a quem já foi aplicado o teste PCR e aguardamos pela resposta”, concretizou o responsável sanitário da ilha.

Neste momento, de acordo com o ponto da situação da covid-19 em São Vicente, a ilha tem quatro casos positivos em isolamento, um no Hospital Baptista de Sousa e três assintomáticos no Centro de Estágio da FCF, onde estão também os 24 contactos dos casos positivos de terça-feira, 23, e que aguardam resultado dos testes PCR.

O delegado de Saúde informou ainda que na noite de terça-feira foram colocados em quarentena obrigatória 36 funcionários da Enapor (estivadores) que se encontravam a trabalhar num navio vindo de Dakar (Senegal) com um caso suspeito a bordo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.