Artur Correia: “Os picos só aparecem quando acontece um aumento brusco de casos e a nossa luta é no sentido de o atrasar”

18/06/2020 23:47 - Modificado em 18/06/2020 23:47
| Comentários fechados em Artur Correia: “Os picos só aparecem quando acontece um aumento brusco de casos e a nossa luta é no sentido de o atrasar”

O diretor nacional de Saúde, Artur Correia, afirmou hoje que neste momento os picos da covid-19, só acontecem quando há um aumento brusco de casos, como de resto sucedeu na primeira semana de junho, onde o território nacional teve o registo de 103 novas infeções pelo novo coronavírus, pelo que o trabalho que está sendo feito é para evitar os picos.

Artur Correia, fez estas declarações na conferência de imprensa diária sobre o ponto de situação da covid-19, quando questionado se o Ministério da Saúde já tem previsão para o pico da covid-19 no país, assegurando que a evolução do gráfico das semanas epidemiológicas aponta que não tem havido picos, exceção feita, segundo o mesmo, na primeira semana de junho, onde foram identificados 103 novos infetados.

“Os picos só aparecem quando acontece um aumento brusco de casos e a nossa luta é no sentido de o atrasar.  Queremos atrasar o máximo possível os picos, porque só aparece quando temos um aumento brusco de casos. A nossa luta todos os dias é evitar esse aumento brusco de casos, e é esse que tem sido o nosso trabalho em todos os cantos de Cabo Verde” assegurou.

Para que não haja picos, o DNS, aponta que o trabalho que tem sido feito é no sentido de detetar precocemente os casos, isolar, acompanhar e tratar em caso de necessidade. “Portanto, é o reforço da vigilância epidemiológica que estamos a fazer em todas as ilhas do país, precisamente para evitar esses aumentos bruscos” frisou.

Nas últimas 24 hora o serviço de investigação epidemiológica do Ministério da Saúde, detetou 7 casos suspeitos, sendo 4 em Santa Cruz, 2 no Sal e 1 em São Nicolau.

Cabo Verde tem neste momento um total acumulado de 823 casos de covid-19, 426 ativos, 388 recuperados, 7 óbitos e dois repatriados.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.