DNS alerta as autoridades municipais e policiais, e as Delegacias de Saúde sobre a proibição das festas populares

15/06/2020 17:21 - Modificado em 15/06/2020 17:21
| Comentários fechados em DNS alerta as autoridades municipais e policiais, e as Delegacias de Saúde sobre a proibição das festas populares

Em comunicado de imprensa, a Direção Nacional da Saúde (DNS) alerta que os desfiles e festas ou manifestações folclóricas direta ou indiretamente ligados às festas dos santos populares não estão autorizados no país.

Estes eventos culturais, enraizadas nos costumes dos povos das ilhas, sendo que em cada ilha a festa é celebrada de uma forma, mas que este ano estão proibidas de forma a evitar a propagação do SARS- Cov-2.

A DNS justifica que as festas dos santos populares no país têm forte tradição, principalmente os santos juninos que se celebram em Cabo Verde que são, o Santo António, São João, São Pedro e São Paulo e que promovem “uma elevada” concentração de pessoas que marcam desfiles, feiras, procissões, corridas, para além de forte convívio social e familiar, neste momento, é incompatível com o contexto atual.

Tendo em conta as restrições em vigor quanto à realização de eventos ou de quaisquer atividades em espaços abertos, em espaços ou vias públicas, ou em espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas, a autoridade nacional de saúde alerta que os desfiles e festas directa ou indiretamente ligados às festas dos santos populares não estão autorizados no país, pelo que não devem ser permitidos ou tolerados.

“Nesse sentido alerta as autoridades municipais e policiais, assim como as Delegacias de Saúde, no sentido de adotarem medidas compatíveis com a proibição em vigor”, avisa.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.