Após a saída de Santiago do EE registou-se um total de 315 novos casos de covid-19 em dezasseis dias

15/06/2020 00:35 - Modificado em 15/06/2020 00:35
| Comentários fechados em Após a saída de Santiago do EE registou-se um total de 315 novos casos de covid-19 em dezasseis dias

Depois da saída da ilha de Santiago do estado de emergência a 29 de maio, o país contabilizou em 16 dias, 315 novos casos positivos de covid-19, dois óbitos e 81 recuperados. São Vicente e Boa Vista entraram novamente na lista de casos ativos, ao passo que Sal, Santo Antão e São Nicolau registaram os primeiros casos.

Numa pesquisa feita pelo NN, desde a entrada no estado de calamidade oficialmente em vigor desde 30 de maio, constatamos que o número de casos de covid-19, aumentaram exponencialmente infetando, até domingo 15, 315 pessoas, em quase todas as ilhas do arquipélago. O número de recuperados subiu para 81 durante nesta fase, depois dos 220 registados até 29 de maio e os 301 anunciados hoje pelo Ministério da Saúde.

Desde o primeiro caso positivo de covid-19 registado no país, no passado dia 19 de Março na ilha da Boa Vista, incluindo o período do estado de emergência que vigorou até 29 de Maio na ilha de Santiago, que foi o último a sair desta condição, o país contabilizava 435 casos acumulados de covid-19, sendo 375 em Santiago, 56 na Boa Vista, 3 em São Vicente e um na ilha do Sal.

A partir de 30 de maio, os dados mostram que em apenas 16 dias o número de infetados disparou, alcançando 315 pessoas,  nas ilhas de Santiago, Sal, São Vicente, Boa Vista, Santo Antão e São Nicolau. Das ilhas habitadas somente as ilhas de Fogo, Maio e Brava ainda não tiveram casos registados.

De realçar que até então com 41 e 40 casos registados neste período de tempo, representam o segundo e o terceiro maior registo no país em 24 horas, depois dos 47 confirmados em 15 de abril na ilha da Boa Vista, todos funcionários do hotel Riu Karamboa.

Sendo assim a ilha de Santiago, foco da pandemia da covid-19 no país, registou durante este período um aumento de 238 casos e um óbito, visto que até 29 de maio, tinha 613 casos acumulados e três óbitos. São Vicente que tinha três doentes recuperados, voltou a registar 7 novos casos, todos importados da ilha do Sal. Também a ilha da Boa Vista que já não tinha casos ativos, visto que dos 56 casos, 53 foram dados como recuperados, um óbito e dois repatriados, voltou a ter um caso positivo, igualmente importado da ilha do Sal.

A ilha do Sal que teve o seu primeiro caso positivo de covid-19, precisamente no dia 29 de maio, durante esta fase teve mais 63 infetados e um óbito . Neste lote entraram também as ilhas de Santo Antão que regista agora 4 casos, diagnosticados no Concelho da Ribeira Grande, como também a ilha de São Nicolau com 2 casos.

Cabo Verde contabiliza 750 casos acumulados de covid-19, sendo 441 casos ativos, 301 recuperados e 6 óbitos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.