Covid-19: São Vicente tem 41 pessoas em quarentena sendo a maioria profissionais de saúde

29/05/2020 20:59 - Modificado em 29/05/2020 20:59

O Director dos Serviços de Prevenção e Controlo de Doenças, Jorge Barreto, avançou hoje que São Vicente tem neste momento 41 pessoas em quarentena, sendo a maioria profissionais de saúde relacionados à mulher grávida, de 34 anos, que foi evacuada da ilha do Sal na quarta-feira, e que ontem testou positivo no teste rápido de Covid-19.

Inseridos neste número de pessoas em quarentena estão 20 profissionais de saúde sendo médicos, técnicos hospitalares, entre outras áreas que acompanharam esta grávida desde o Aeroporto Internacional Cesária Évora e no Hospital Baptista de Sousa.

“Foi evacuada por motivos obstétricos tendo apresentado uma complicação e por isso foi evacuada para São Vicente. As medidas clínicas foram tomadas. O que falta esclarecer aqui é se houve apresentação de manifestação de sintomas respiratórios e se foi já em São Vicente ou apresentado desde sábado ainda na ilha do Sal” elucidou Jorge Barreto, que avançou que o processo está em investigação para esclarecimento do caso.

O Diretor dos Serviços de Prevenção e Controlo de Doenças, adiantou ainda que todas as medidas de prevenção que devem ser tomadas neste contexto foram tomadas e que estão em curso pelas autoridades sanitárias para evitar outros cenários.

Sobre o resultado do teste rápido aplicado que deu positivo o mesmo esclareceu que não especifica o dia exato do contacto, o que poderá ter sido a 10, 15, 20, ou três meses atrás.

No entanto, conforme o médico infectologista espera-se agora pela realização do teste de PCR para se saber se esta paciente está ou não infetada com Covid-19. 

Durante as últimas 24 horas deu conta que os serviços de investigação epidemiológica do Ministério da Saúde detetaram 11 casos suspeitos, sendo 5 na cidade da Praia, 5 em Tarrafal de Santiago e um de São Vicente (paciente grávida).

Cabo Verde regista um acumulativo de 406 casos de Covid-19, desde 19 de março, distribuídos pelas ilhas de Santiago (347), Boa Vista (56) e São Vicente (03).

Do total, registaram-se quatro óbitos, dois doentes transferidos para os seus países de origem e 155 doentes recuperados, fazendo com que o país tenha neste momento 245 casos ativos.

  1. lavar as mãos

    O Dr Barreto não sabe interpretar o teste positivo ao IgM , que seria o contato foi +/- 10 dias contagem regressivo a partir da manifestação clinica ,radiologia e laboratorial l! .Os jornalistas tem q apertar o cerco a VERDADE ,

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.