Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias traz missionários e estudantes cabo-verdianos retidos no Brasil

26/05/2020 23:32 - Modificado em 27/05/2020 00:16
| Comentários fechados em Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias traz missionários e estudantes cabo-verdianos retidos no Brasil

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, usualmente conhecida com Mórmons, realizou um voo charter Campinas (Estado de São Paulo) – Praia – Campinas para o repatriamento de missionários, esta segunda, 25 de maio.

O voo trouxe 51 jovens missionários cabo-verdianos que estavam em missão no Brasil e, igualmente, a Igreja transportou gratuitamente 31 estudantes cabo-verdianos que já tinham concluído os estudos nesse país da América Latina.

De acordo com a diretora Nacional de Relações Públicas da Igreja, os missionários ora regressados encontram-se a cumprir o período de quarentena num dos hotéis da capital, Praia, conforme procedimentos do Ministério da Saúde.

Ainda no regresso a Campinas o voo levou 21 missionários brasileiros que estavam a servir em Cabo Verde, além de outros cidadãos brasileiros que se encontravam no país. No total foram repatriados 45 cidadãos brasileiros, numa iniciativa apoiada e coordenada pela Embaixada do Brasil em Cabo Verde.

Os mórmons são um grupo religioso que se considera restauracionista. Isso quer dizer que eles pretendem resgatar o cristianismo primitivo. Essa religião começou nos Estados Unidos, no século 19. Tendo como líder Joseph Smith Jr., considerado por seus discípulos o primeiro Profeta deste período. Eles não carecem dos ensinamentos bíblicos – embora creiam na Bíblia -, pois seguem as revelações e ensinamentos de Joseph.

Ao descrever o caráter dos mórmons, a revista Newsweek escreveu: “Não importa onde os mórmons vivam, eles encontram-se inseridos em uma rede de preocupação mútua; na teologia mórmon todos são ministros de alguma forma, todos são investidos de poder para fazer o bem e de receber o bem feito por outros. É o convênio do Século XXI, cuidar do próximo”.

“Como igreja, estendemos a mão não somente para os de nosso povo, mas também para as pessoas de boa vontade em todo mundo imbuídos do espírito de irmandade que vem do Senhor Jesus Cristo”, disse Thomas S. Monson, o penúltimo presidente da Igreja.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.