DNS garante que doente que fugiu do Hospital Baptista de Sousa não é doente de Covid-19

24/05/2020 15:33 - Modificado em 24/05/2020 15:33
| Comentários fechados em DNS garante que doente que fugiu do Hospital Baptista de Sousa não é doente de Covid-19

A Direção Nacional de Saúde (DNS), assegurou que o militar que estava internado no Hospital Baptista de Sousa, proveniente do Hospital Agostinho Neto, não está infetado pelo novo coronavírus, sendo que fez dois testes que deram negativo.

Num comunicado assinado por Artur Correia, Diretor Nacional de Saúde, informa que depois das notícias veiculadas por órgãos de comunicação social, dando conta da fuga, no sábado, do Hospital Baptista de Sousa, de um doente evacuado do Hospital Central da cidade da Praia, entrou em contacto com a direção dos mesmos, pelo que esclarece que “não é um doente de Covid-19”.

“O paciente fez teste de Covid-19, tanto no Hospital Agostinho Neto, como no Hospital Baptista de Sousa, com resultados negativos” escreve o DNS.

O Diretor Nacional de Saúde esclarece que o fuzileiro, transferido da cidade da Praia para São Vicente, num voo sanitário, alegadamente para realizar uma cirurgia no Hospital Baptista de Sousa, “devia e deve” cumprir um período de quarentena de 14 dias. Estando, após a sua captura, a cumprir a referida quarentena obrigatória.

Conforme informações o fuzileiro fugiu do Hospital Baptista de Sousa na madrugada de sábado, tendo sido depois capturado ainda no início da tarde do mesmo dia e colocado em um local de quarentena obrigatória, vigiado pelas autoridades sanitárias e por militares.

“A Direção Nacional de Saúde apela a todos os cidadãos, autoridades e instituições a cumprirem e a fazerem cumprir, com rigor e responsabilidade, as normas e recomendações emanadas pelas autoridades competentes, no sentido de garantir as melhores condutas para a prevenção e controlo da covid-19, no país”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.