Bruxelas emite recomendações para salvar as férias de Verão: Uma boa notícia para Cabo Verde

13/05/2020 23:43 - Modificado em 13/05/2020 23:44

A Comissão Europeia (CE) emitiu um conjunto de recomendações para salvar o setor do turismo e garantir que todos os cidadãos interessados em viajar para destinos balneares nas férias de Verão o possam fazer com todas as garantias de segurança, mesmo no actual contexto de pandemia de coronavírus.

O que é uma boa notícia para Cabo Verde que só pode salvar o seu sector do turismo se… tiver turistas da União Europeia que é o maior mercado emissor de turismo para Cabo Verde. Resta saber é se o setor esta preparado para se adaptar à nova realidade. E, com isso, tirar proveito de ter ilhas  como o Sal sem casos, São Vicente com um caso duvidoso e a Boa Vista onde o vírus  foi controlado sem se espelhar pela comunidade. E este pode ser um trunfo a jogar no mercado do turismo pós COVID-19.

As  recomendações da Comissão Europeia são consideradas realistas, pois recusou recomendar medidas como passaportes de imunidade, corredores turísticos e quarentenas obrigatórias, o que inviabilizaria a maioria das viagens. Pois não é exequível alguém ir de férias por uma semana e passar 15 em quarentena.  A CE simplificou e deseja que os cidadãos europeus possam ter a oportunidade de “apanhar ar e relaxar, convivendo com os seus familiares e amigos no seu próprio país ou fora de fronteiras”.

Isso não deve pressupor novas burocracias nem implicar mais restrições e proibições do que aquelas que foram aplicadas para travar a expansão do coronavírus e que permitiram que a pandemia fosse declarada sob controlo e estável.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.