Retoma das viagens marítimas entre São Vicente e Santo Antão com 200 pessoas e entre as restantes ilhas 150 pessoas

8/05/2020 17:22 - Modificado em 8/05/2020 17:22

Com a retoma das ligações marítimas de passageiros entre as ilhas sem casos de Covid-19, na próxima segunda-feira, 11 maio, o Ministério da Economia Marítima estabelece algumas restrições protetivas de viagens aos passageiros.

Conforme Paulo Veiga, entre São Vicente e Santo Antão, as ligações serão diárias e com duas viagens e entre São Nicolau e Sal, com duas viagens semanais e Fogo e Brava, com três ligações por semana, sendo que esta rota vai servir, também a ilha do Maio.

Destas medidas enquadradas no plano de segurança sanitárias estão ainda a capacidade de lotação dos navios, conforme o ministro da Economia Marítima, Paulo Veiga.

Duzentas pessoas entre São Vicente e Santo Antão e para Sal e São Nicolau 150 pessoas nos navios, Chiquinho e o Inter-ilhas.

Ainda conforme a mesma fonte, para evitar a aglomeração de pessoas e evitar filas no momento da compra de passagens, os bilhetes serão vendidos online, e aos passageiros será medido a temperatura temporal no momento do embarque.

“Vamos medir a temperatura aos passageiros e se tiver alguém com temperatura que não está conforme os parâmetros normais, terá que ser rastreado pelo pessoal técnico do Ministério da Saúde, que vão dar o aval ou não para continuar a viagem.”

Também o uso de máscaras vai ser obrigatório a todos os passageiros e a tripulação está obrigada ao uso de equipamentos de proteção individual. De referir que, a partir de 25 de maio, de acordo com a legislação, o uso de máscaras será obrigatório. E que os passageiros devem estar com elas sempre colocadas.

No entanto, Paulo Veiga reconhece que por não haver ainda, no mercado nacional, em número suficiente, os postos de vendas da empresa que faz o transporte interilhas, vai ter um stock de máscaras para facilitar. Ainda, destas restrições, o distanciamento social deve ser respeitado e os bares das embarcações encerrados para evitar ajuntamento de pessoas.

As embarcações vão ser desinfetadas em cada porto, bem como as viaturas e cargas descontaminadas. E assegura ainda que, excecionalmente, vai-se fazer o transporte de passageiros das ilhas de Boa Vista e Santiago, tanto viagens de origem como de destino. Em causa viagens de motivos de emergência médica, justificadas, para os hospitais centrais de São Vicente e Santiago, com todas as precauções tomadas.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.