Santo Antão: Presidente da Associação dos Municípios pede “reabertura urgente” da linha marítima São Vicente/Santo Antão

5/05/2020 12:34 - Modificado em 5/05/2020 12:34

O presidente da Associação dos Municípios de Santo Antão (AMSA), Orlando Delgado, defende a “reabertura urgente” da linha marítima Santo Antão/São Vicente tendo por base a inexistência de casos de covid-19 nestas duas ilhas.

Conforme Orlando Delgado, a esperança é que se faça a reabertura o “mais breve possível”, explicando que são duas ilhas que dependem uma da outra e que Santo Antão precisa fazer o abastecimento em São Vicente e de colocar a sua produção agrícola na ilha.

Nisto, o presidente da AMSA, assegurou que há “muita gente que depende dessa ligação” como são os casos das viaturas que fazem o transporte de mercadorias e de produtos agrícolas, quer a nível dos pequenos e grandes comerciantes ou vendedores ambulantes.

“É uma franja muito importante da nossa economia que precisa entrar em movimento” elucidou Orlando Delgado, em declarações à Agência Cabo-verdiana de Notícias. No entanto, defende que para que isso aconteça deve-se ter em consideração o cumprimento de todos os protocolos por parte da companhia de navegação e a colaboração de todos os utentes no sentido de respeitarem as recomendações das autoridades sanitárias, sobretudo no que toca ao distanciamento social e ao uso de máscaras.

A mesma fonte entende que já se passou muito tempo desde o surgimento do caso positivo em S. Vicente, pelo que admitiu haver, neste momento, “todas as condições” para o reatamento da ligação marítima entre as duas ilhas.

  1. Atento

    Concordo plenamente, alias o governo já deveria ter o plano antes da decisão do presidente da republica, pois haveria somente 2 opções. Façam trabalho de casa.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.