DNS: “A situação pode descambar se houver relaxamento”

4/05/2020 17:40 - Modificado em 4/05/2020 21:17

Numa fase que o país está a registar vários casos positivos de covid-19, o Director Nacional da Saúde, avisou que se as pessoas começarem a desrespeitar as regras do confinamento e a existir aglomeração de pessoas, haverá mais infectados e eventualmente mais mortes.

Artur Correia que falava à imprensa, na tarde de hoje, sobre o momento actual da covid-19 em Cabo Verde, alertou que tanto na cidade da Praia como em São Vicente, tem-se observado que as pessoas não têm estado a respeitar as normas impostas pelas autoridades sanitárias.

“O que está a acontecer é reprovável e devo dizer que vamos ter mais casos, eventualmente ter mais mortes e temos que estar conscientes disso. Se as pessoas continuarem com estes comportamentos a situação poderá descambar, piorar e sair do nosso controlo. Não queremos que isso aconteça” revelou o DNS.

Nisto, Artur Correia vincou que todos têm que cumprir a sua parte nesta luta, para evitar que os serviços de saúde do país percam o controlo e para evitar que o Serviço Nacional de Saúde seja “invadido” com casos e seja “descontrolada” a gestão dos casos que se tem registado até ao momento.

“Temos até este momento conseguido abrandar o número de casos, mas o ministério da Saúde sozinho não consegue e por isso terá que haver uma grande colaboração da população, das forças policiais, protecção civil, como tem sido feito até hoje, mas a partir de hoje de forma redobrada temos que aumentar esta vigilância” salientou, vincando que ninguém pode colocar em causa os ganhos conseguidos até hoje.

Com base nesta situação, o DNS apela a todos os cidadãos para cumprirem as medidas em vigor, para que possamos continuar a viver “tranquilamente” em Cabo Verde como um país de “bons costumes, cumpridora e com uma cidadania elevada”.

Atualizado às 21h18

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.