Inquérito em torno do caso positivo de Covid-19 em São Vicente ainda não se iniciou devido a constrangimentos

17/04/2020 20:58 - Modificado em 17/04/2020 20:58

O inquérito instaurado pelo Ministério da Saúde para apurar responsabilidades relativas às falhas na detecção do caso positivo de Covid-19 em São Vicente, no passado dia 03 de Abril, e que estava previsto arrancar na semana passada, ainda não começou devido a vários factores, conforme avançou hoje o Director Nacional de Saúde.

De acordo com Artur Correia, o grupo de trabalho que foi criado para coordenar o processo de investigação ao Hospital Baptista de Sousa e à clínica privada onde a paciente foi atendida e tratada, antes de ser encaminhada para o hospital central, ainda não viajou da cidade da Praia, devido a dificuldades de transporte.

Por outro lado, o mesmo garantiu que esta equipa, que está sob responsabilidade da Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS), deparou-se, no último momento, com um “constrangimento”, que segundo o mesmo vai ser “ultrapassado rapidamente” e com isso dar seguimento ao processo.

Correia, no entanto, esclareceu que parte do inquérito poderá vir a ser feito à distância e que não está em cima da mesa a suspensão do mesmo, afirmando tratar-se de um despacho oficial do Governo e que vai ser concluído.

  1. Liivinio Jesus Tavar

    É possível? Passados vários dias, afinal ainda nem se iniciou o inquérito. Afinal, Manê tem razão. Somos um País de “festivais”/paródias mas,quando se trata de coisas sérias, afinal estamos mais coxo, cego, surdo e mudo. Afinal, nós os leigos, somos como pedintes e perante os sabichões é manter as mãos estendidas.

  2. !

    Que inquérito ,se o MS confinou compulsivamente contactos INDIRETOS no lugar INFESTADO pelo COVID 19 !! A criança de Praia não foi contabilizada caso suspeito ,mas correram a fazer um teste na madrugada qdo estava agonizando !! Uma coisa e’ certa na TERRA TODO SE PAGA ,sim !

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.