Juventude em Marcha cancela digressão pela Europa

25/03/2020 14:42 - Modificado em 25/03/2020 14:42

O grupo Juventude em Marcha, de Santo Antão, comemora esta quarta-feira, 36 anos da sua fundação, mas perante a pandemia de coronavírus que assola o mundo, o grupo cancelou a digressão que pretendia efetuar à Europa.

Fundado a 25 de Março de 1984, em Porto Novo, o grupo de teatro tem primado por preservar, divulgar e a promover, através das artes cénicas, a vivência social e cultural do povo cabo-verdiano.

Para assinalar o trigésimo sexto aniversário desta companhia teatral, o grupo tinha agendado um tourné, que deveria decorrer entre os dias 20 de março e 10 de maio, em alguns países europeus mas que foi cancelada em função do Covid-19.

Nessa digressão, Juventude em Marcha tinha programado espectáculos em Itália, Portugal, Países Baixos e Bélgica.

Em Dezembro de 2018 o grupo estreou a longa-metragem “Canjana”. Um filme com duração de 80 minutos, que revive as fomes da década de 1940, mais precisamente a de 1946, resultante da 2ª Guerra Mundial e também mostra qual a importância que o encalhe da embarcação John Schmeltzer teve na salvação das gentes da ilha e de Cabo Verde. De relembrar que segundo a história, a embarcação tinha os porões recheados de comida.

Além desta peça, agora transposta para o cinema, existem diversas outras levadas a cena. Desde “Rabo de Bruxa”, passando por “Problemas de Família”, “Partilha das Almas” até ao “Preço de um contrabando”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.