DGS pede a pessoas que saíram da Boa Vista há uma semana que contactem os centros de saúde

20/03/2020 23:32 - Modificado em 20/03/2020 23:32
| Comentários fechados em DGS pede a pessoas que saíram da Boa Vista há uma semana que contactem os centros de saúde

No âmbito do primeiro caso positivo do novo coronavírus no país, referente a um turista inglês na ilha da Boa Vista e que estava hospedado no Hotel Riu Karamboa, a Direção Geral de Saúde apela a todas as pessoas que saíram da ilha da Boa Vista desde a semana passada para contactarem, com urgência, a Delegacia de Saúde do local onde se encontram, para cadastramento, aconselhamento e seguimento.

O motivo por detrás deste apelo das autoridades sanitárias está no facto de o turista que acusou positivo para o novo coronavírus estar desde o dia 09 na ilha da Boa Vista, mais precisamente no Hotel Riu Karamboa, onde neste momento estão 850 pessoas em quarentena, entre cidadãos estrangeiros e cabo-verdianos, incluindo 210 funcionários do hotel que estão sob vigilância permanente dos serviços de saúde da ilha.

Sabe o NN que após a data da entrada no hotel do turista infetado , alguns funcionários oriundos  das ilhas de Santiago e de Santo Antão receberam carta de despedimento e regressaram as ilhas de origem. Como pudemos apurar alguns dos que regressaram a Santo Antão são do município do Porto Novo.

O apelo das autoridades é que estes entrem em contacto, o mais rapidamente possível, com as autoridades sanitárias, através da linha verde 800 11 12, para cadastramento e outros avisos.

A ilha da Boa Vista ficará de quarentena até 04 de Abril, decretada pelo Governo que assegura ainda que “todas as medidas de prevenção estão sendo adotadas de modo a reduzir o risco de transmissão e de propagação do vírus”, garantiu o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, após uma reunião do Gabinete de Crise, liderado pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.