PJ detém três indivíduos suspeitos de roubar cinco mil contos

16/01/2013 23:54 - Modificado em 16/01/2013 23:54
| Comentários fechados em PJ detém três indivíduos suspeitos de roubar cinco mil contos

O Ministério Público na ilha do Sal emitiu um mandado de detenção contra três indivíduos suspeitos de roubarem um cofre com mais de cinco mil contos numa residência. O mandato judicial foi cumprido pela Polícia Judiciária que estava a investigar o caso com o apoio da Polícia Nacional.

 

Na segunda-feira, os proprietários de um pub na ilha do Sal apresentaram uma queixa à polícia dando conta do roubo de mais de cinco mil contos num cofre da sua habitação, na Praia António Sousa, em Santa Maria. Os queixosos asseguram que o assalto ocorreu no domingo, pelo que as autoridades criminais e a PN saíram para o terreno para realizar diligências para averiguar o caso.

Com a identificação de três cidadãos suspeitos de terem perpetrado o roubo, o Ministério Público emitiu um mandado de captura. Neste sentido, dois indivíduos da ilha do Fogo, pai e filho que já cumpriram pena por tráfico de droga e um cidadão salense, funcionário de um hotel em Santa Maria, foram detidos por agentes da Polícia Judiciária.

De realçar que o referido cofre foi encontrado vazio nas imediações do estádio “Djidjuca” em Santa Maria. Por agora, a PJ está a realizar diligências para descobrir o paradeiro do dinheiro e apurar qual a participação dos suspeitos no roubo.

De realçar que no local onde ocorreu o assalto, a PJ não encontrou sinais de arrombamento, mas que as próximas investigações poderão determinar como é que o dinheiro foi roubado da residência na Praia António Sousa, local onde se tem construído várias habitações, na maioria por cidadãos estrangeiros.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.